Browsing Tag:

comissária na Qatar

Mudando de país #03 || Meu processo Seletivo com a Qatar part. 2

Posted in Vida de Comissária
on 21 de maio de 2018

A “espera”

 

esperar

verbo

  1. transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo ter esperança em contar com.” e. um milagre”
  2. transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo não agir, não tomar decisões, não desistir de algo, até a efetuação de um evento que se tem por certo, ou provável, ou desejável.” e. a (ou pela) volta do filho”

Para algumas pessoas esperar tem significados diferentes, e pra mim a minha foi um tanto reflexiva…

Após ter enviado as fotos, ficamos sem noticias por um longo período de 1 mês e 19 dias exatamente… você pode até dizer mas só isso Paolla passou rápido até, tem gente que esperou mais tempo!!!!

Mas pra mim foi a resposta mais demorada da minha vida!!! Hahahahaha

Mas e ai o que eu fiz nesse tempo? Fiquei pensando sobre varias possibilidades, a de ir, de não ir, de passar mais tempo com as pessoas que eu amo, de ter que arrumar tudo correndo, de não ficar pensando em quando iriam nos responder novamente, a hora da despedida, imaginando minha chegada lá…

Enfim era esse monte de coisa passando pela minha cabeça mais a ansiedade do desconhecido!!! E pode até parecer clichê, mas preciso dizer que nessa jornada meu maior calmante foi poder me conectar mais com Deus e poder ter longas conversas sobre o que poderia vir… Mas o mais importante foi ter a certeza de que eu tinha dado meu melhor e que agora não dependia mais de mim e sim de Deus e de quem estava analisando meu perfil no RH da empresa!

Nesse meio tempo aluguei até demais meu amigo Raphael que já trabalha na empresa, fiz milhares de perguntas, sonhamos juntos o dia da minha chegada em Doha. E até que viesse a resposta sempre acordava de madrugada no susto e sempre no mesmo horário as 4h da madrugada e corria pra ver meu e-mail e o único e-mail que recebia eram notificações do youtube.

Mas também não parei minha vida, por conta dessa espera, enquanto a resposta não vinha eu pensava em aproveitar ao máximo meus dias e meus momentos aqui em casa, com amigos ou alunas, porque algo dentro de mim dizia que eu ia ser aprovada para a próxima fase!!!

E assim numa manhã ensolarada de Abril (olha eu já poetizando o dia) uma chuva de mensagens no meu celular me acordou as 7:30 da manhã, e uma menina eque estava no grupo do whatsapp da Final Interview tinha falado que recebeu um e-mail para ela enviar os Medicals… E eu fui correndo ver meu e-mail, mas nada só tinha mesmo as notificações do youtube, eu super triste falei no grupo gente não recebi nada aqui, dali a segundos recebo o tão esperado e-mail para os medicals, eu dou um grito “mudo” se é que isso existe… hahahahaha, e corro lá no grupo e falo, gente acabei de receber foi super engraçado porque eu tinha acabado de digitar que não tinha recebido nada!!!!

Bom lá fui eu na minha saga de tentar enviar o exame solicitado em inglês, porém a empresa em que fiz meu exame errou e enviou o exame em português, fiquei desesperada não sabia se conseguiria enviar os documentos no prazo pedido que no meu caso eram 24hrs, chorei na clinica.

Liguei para uma amiga, que também tinha feito exame na mesma empresa que eu só que em unidade diferente, enfim foi um parto quase, mas no final da noite eu tive meus exames traduzido e em cima do prazo fiz meu upload de tudo que haviam me pedido e agora sim, mais em paz pude dormir, mais uma vez com a certeza de que Deus naquele momento tinha me ajudado com tudo naquele dia…

E agora? Bom mais um momento de espera para os resultados!!!!

No próximo post prometo que conto mais sobre

Fui….

Mudando de país #02 || Meu processo Seletivo com a Qatar

Posted in Vida de Comissária
on 7 de maio de 2018

Olá pessoal!!! Voltei com mais um texto, provavelmente quando você estiver lendo este texto já estarei em Doha no treinamento!!!

Como esse tipo de processo é um pouco longo vou dividi-lo por fases:

Fase 1 – Inscrição

Entrei no site da Qatar Airways e fiz minha inscrição que não foi demorada, preenchi com meus dados pessoais, e respondi algumas perguntas feitas no site. Não tem segredo é bem fácil de fazer. Depois de fazer o cadastro no site você recebe um e-mail confirmando sua inscrição no banco de dados da empresa.

Fase 2 – Convite para o Open Day

Confesso que essa parte de esperar foi consideravelmente longa, já que eu me inscrevi no começo do mês e a seleção era no fim do mês… hahahahaha

Mas enfim… 3 dias antes do Open Day recebi um sms para que eu olhasse meu e-mail pois a Qatar tinha entrado em contato comigo. Quando abri meu e-mail era o convite para o Open Day. Lembrando que você também pode ir sem convite.

Fase 3 – O Open Day

Bom lá fui eu arrumadinha como de costume, acordei super cedo e quando era umas 9 horas estava lá. Como nenhuma outra cia internacional estava contratando esse Open Day foi surreal de lotado, tinha mais ou menos umas 600 ou mais pessoas. Eu estava com todos os documentos necessários que a empresa havia me solicitado por e-mail. Fui para fila como de costume nessas seleções e depois de horas, e horas de espera chegou minha vez de ser atendida e a recrutadora foi super querida, me fez algumas perguntas sobre meu trabalho atual, me perguntou se já tinha aplicado para a empresa antes e “puft”, me deu um papel e me pediu para que não mostrasse para ninguém, que era confidencial! Todos já sabemos que esse papel é o convite para o Assesment Day.

Fase 4 – O Assesment Day

Nesse dia tinha bem menos pessoas, meu número para vocês terem uma ideia era o 104, e ainda tinha muitas pessoas depois de mim. O AD (Assesment Day) é dividido em partes então vou dividi-lo aqui também.

  • Parte 1: Bom chegando lá a primeira coisa que fazemos é o famoso teste de inglês, que foi bem tranquilo para falar a verdade, era baseado em interpretação de texto e algumas coisas de matemática, mas que eram fáceis também. Em algumas seleções a empresa aplica também uma redação na hora da prova, que para ser sincera era meu medo, mas para a minha alegria no meu AD não teve!!!! (Obrigada Deus) feito isso elas revisam as provas e acontece uma eliminação.
  • Parte 2: Nessa parte a espera é bem longa para todos, é o momento em que as recrutadoras têm a oportunidade de te ver melhor, e fazemos o reach test também respondemos uma pergunta aleatória de algum cartão que escolhemos, o que nesse momento achei que seria eliminada porque eu tinha a sensação de que tinha ido mal e respondido qualquer coisa menos o que a recrutadora queria que eu respondesse, depois esperamos mais um pouco e teve mais algumas eliminações e fui aprovada nessa fase!!! Quando percebi que tinha passado dessa fase sabia que enfim eu poderia respirar um pouco mais aliviada pois só faltaria mais uma fase para a final interview.
  • Parte 3: Ficamos em mais ou menos umas 35 pessoas e as recrutadoras nos dividiram e um grupos de 8 ou 10 pessoas (não me lembro agora a quantidade) elas nos pediram para fazer uma dinâmica em grupo onde teríamos de selecionar 3 coisas que temos orgulho do nosso país e 1 que achávamos que precisava melhorar. Após essa dinâmica apresentamos nossas resoluções em grupos e não teve nenhuma eliminação!!!! Foi aí que caiu a ficha que eu tinha conseguido chegar na fase final …

Fase 5 – Final Interview

Sorrisão na cara e pronta para conquistar o emprego novo

Bom marquei minha entrevista final para a parte da manhã porque eu tinha de trabalhar na parte da tarde/noite. E posso dizer que foi bem tranquila a entrevista (apesar do meu coração estar quase saindo pela boca, tentei me manter calma).

As recrutadoras me perguntaram coisas sobre meu curriculum e minhas experiências profissionais e pessoais, e em alguns momentos coisas sobre minha vida pessoal e personalidade, no meu caso percebi que elas estavam bem sorridentes e bem receptivas durante a entrevista e até fizeram uma brincadeira para descontrair!!! Eu realmente não cronometrei a entrevista, mas tive a sensação dela ter tido um tempo bom, creio que por volta de uns 20 min quase…

No dia seguinte da entrevista abria meu e-mail de 5 em 5 minutos e nada, então quando chegou a noitinha fui dormir e coloquei meu celular no silencioso (pelo menos era o que eu achava) hahahahaha no dia seguinte disso, acordo com meu celular disparando de mensagens, era mensagem no grupo do pessoal da final interview, era mensagem dos meus amigos que já estão trabalhando na empresa, e todos perguntando a mesma coisa: RECEBEU O EMAIL PARA O UPLOAD DAS FOTOS ??????????, PASSOUUUUU?????????

Enfim várias mensagens, e eu super sonolenta e meio atordoada vi que tinha recebido um sms da Qatar e 2 e-mails deles, fiquei super nervosa, não sabia o que esperar hahahahahaha

E quando cliquei no e-mail a resposta era positiva, sim!!!!!!!! Eu tinha conseguido passar por mais essa fase, do upload das fotos, porém eu não tinha as fotos adequadas, me lembro que desci as escadas de casa correndo contando a novidade pra minha mãe, falei das fotos e corri pra ligar para Marli da Sanjer e que eu precisava tirar as fotos urgente, ela super querida arrumou um horário pra mim e no mesmo dia, eu fiz o upload das fotos e preenchi mais alguns formulários solicitados pela empresa. Aí pensei e agora minha gente????? Bom agora Paolla é só esperar…

Bom quer saber como foi essa espera, vem comigo que no próximo post te explico.

Mudando de país #01

Posted in Vida de Comissária
on 5 de maio de 2018

1,2,3 … Gravando!!!! (Ops esqueci que é texto)

Olá queridas e queridos leitores, hoje venho com muita alegria contar uma novidade… e essas novidades vem para vocês também.

Hoje embarco para a jornada mais emocionante da minha vida, e quero muito levar vocês comigo, bom estou me mudando para o Qatar mais especificamente Doha. Mas como assim do nada você vai???? Bom não é bem assim do nada, faz alguns anos que venho tentando uma oportunidade de trabalho fora do Brasil e esse ano (com a Graça de Deus) chegou a minha vez!!!!!!

Eu sei parece loucura, mas vou contar como tudo começou, em 2000 tive o imenso prazer de fazer um intercâmbio em Londres, para estudar inglês na época eu era muito jovem e posso dizer que um pouco (desmiolada) imatura para algo tão grande e diferente, então acabou que não aproveitei muito como “deveria”, ou como os adultos (meus pais, tia e primas) achavam!

Quando voltei ao Brasil, voltei com a certeza de que eu não queria mais morar na minha cidade natal “São Paulo”; comecei a estudar mais o inglês por minha conta, me joguei em vários sites gratuitos para aprender inglês e acredite se quiser até em salas de bate papo e aplicativos de relacionamento tudo gringo porque meu foco era o inglês, e assim segui estudando por conta própria o idioma, na esperança de conseguir alguma bolsa de estudo, ganhar alguma promoção louca de intercâmbio porque não tinha dinheiro suficiente para custear um intercâmbio sozinha!

Foi então que estava olhando minha timeline do facebook sem nenhuma pretensão de nada e vi uma ex-colega de classe e amiga com um uniforme incrível de comissária, e eu fiquei encantadíssima com aquele layout todo elegante, e fiz o seguinte comentário na foto dela:

 – Nossa que linda!!!! Você é comissária no Oriente Médio?

E ela me respondeu: – Não amiga, eu trabalho no check in da Emirates uma empresa dos Emirados Árabes Unidos. Porque você não tenta ser comissária aqui? Você tem tudo que eles querem, é alta, bonita e fala inglês…

Na hora me deu um estalo e eu pensei, nossa está aí minha oportunidade de sair do país, era tudo que eu precisava pensei.

Sei que agradeci muito a ela, e lá fui eu fazer minha busca na internet a respeito da empresa… Descobri que naquele mesmo mês eles teriam uma seleção e eu resolvi tentar. Me lembro que na época eu não tinha nada, não tinha roupa social e muito menos tinha feito um curriculum em inglês.

Eu sei que sai correndo, atrás de tudo, tínhamos de fazer um cadastro online e eu quando eu vi que tinha que fazer uma foto vestida de comissária me desesperei porque assim como eu ia arrumar roupa? Mas graças a Deus estava na casa de uma amiga e para a minha sorte ela tinha muitas roupas sociais, porém em comum  mesmo nós só tínhamos a altura. O que resultou numa foto um tanto quanto desastrosa por 2 motivos.

  1. As roupas não tinham a cor padrão das roupas de comissárias, e ficaram super largas hahahahaha me lembro de ter colocado vários pregadores para dar uma ajustada.
  2. Eu fiz a foto de rosto e corpo inteiro como pedem, sem nem ao menos saber qual era o padrão certo.

Como vocês podem ver aqui ficou realmente um desastre, isso porque a parede era azul e meu amigo Joel salvador da pátria mudou pra mim!!! hahahahahahaha

E lá fui eu fazer a entrevista da Emirates “detalhe dessa vez com a roupa da minha mãe”. Cheguei lá super cedo (07:30) e enfrentei uma fila de mais ou menos umas 400 pessoas, eu realmente não fazia idéia da proporção que a empresa ou a entrevista era até chegar, lá e ver aquele mar de gente.

Eu via as pessoas se aproximando dos recrutadores e algumas eles pediam para esperar e outras iam embora, quando chegou minha vez o recrutador me perguntou meu nome e fez algumas perguntas aleatórias que respondi com um certo receio, então ele me pediu para fazer uma redação sobre o porque eu gostaria de trabalhar na Emirates, e foi ai que eu pensei:

Putz, eu não sei o que responder, então falei qualquer coisa que me veio na cabeça que agora não me lembro haha!!!! Eu fui muito mal, essas pessoas foram embora e eu fiquei pra fazer uma redação porque meu inglês é uma bosta , e eu ali me matando para fazer uma redação, vou e entrego a minha e mais uma vez o recrutador me pede para esperar em grupo e mais algumas pessoas foram pra casa, dentre essas pessoas que ficaram no grupo eles nos pediram para ler uma frase em inglês, e eu mais uma vez pensei o que eu to fazendo aqui meu inglês está tão ruim que to aqui nesse grupo pra provar que sei ler em inglês!!!! Serio mesmo isso …

No fim do dia (18:30) os recrutadores disseram em PORTUGUÊS, vocês não devem estar entendendo nada mas queríamos dizer que vocês foram selecionados para o Assesment Day da Emirates…

Na hora eu não sabia se ria ou chorava, fiquei sem palavras porque a todo momento eu achava que estava tendo mais uma segunda chance de mostrar que sabia inglês, quando na verdade eu estava passando as fases…

Foi ai que os recrutadores nos explicaram que deveríamos ter fotos melhores tanto Business como as Casual, e falou um pouco de como funcionava a empresa e tudo mais… e nos indicaram um lugar para fazer as fotos, que eu super recomendo pois fiz as minhas lá, na Fotos Sanjer.

Primeira  foto Business (para Emirates)

Minha primeira Foto Business (Eu gostei muito e ficou dentro do esperado – na minha concepção)

Minha primeira foto Casual

Minha primeira Foto Casual (Eu estava com cara de boba, na transição capilar então ficou boa, mas não era uma foto Nossa que maravilhosa – na minha concepção)

Minha Segunda Casual

(Essas são minhas preferidas, e acabei ganhando mais uma de rosto)

Minha segunda Business (para Qatar)

Bom enfim durantes muitas idas e vindas tentei varias cias do Oriente Médio dentre elas: Emirates Airlines, Etihad Airways e Qatar Airways.

A minha timeline é um pouco cheia por assim dizer pois tentei muitas vezes:

  • Emirates 7 vezes
  • Etihad 4 vezes ( 2 Finals Interview)
  • Qatar 3 vezes (1 Final e Contratada)

Totalizando 14 vezes de processo seletivo nas 3 cias aéras, confesso que pra mim foi bem estressante esses processos seletivos, muitas vezes bati na trave e quase consegui o emprego mas por algum motivo não era meu momento. Até que este ano chegou minha vez e eu com muito esforço e alegria consegui o tão sonhado trabalho de comissária no Oriente Médio.

Bom quer saber como foi meu processo seletivo até o tão sonhado SIM? então assina ai a newsletter que assim que esse texto for postado você recebe em Primeira mão por email.