Top

ROTEIRO DE VIAGEM: 1 DIA EM ZAGREB – CROÁCIA

Zagreb, apesar de ser a capital do país, muitas vezes passa despercebida frente à beleza impactante da costa dalmaciana. Localizada mais ao norte, é uma cidade bastante charmosa, e uma das mais baratas em relação às cidades mais turísticas como DubrovnikSplit e Hvar. Além de que, por ser a capital do país, conta com excelentes restaurantes!

Acho que aqui não vale a pena economizar: procure o melhor hotel da cidade, e verá que mesmo assim as diárias não serão superiores às de um hotel mais ou menos nos Estados Unidos, Europa ou Reino Unido.

SEGUE O ROTEIRO QUE FIZ PELA CIDADE. PUDE FAZER TUDO EM POUCO MAIS DE 6 HORAS.

PONTO 1: SHOPPING SUBTERRÂNEO IMPORTANNE – IMPORTANNE CENTAR – IMPORTANNE SHOPPING MALL

Fica localizado logo ao lado do Hotel Esplanade, embaixo de uma bonita praça com uma fonte de água. Foi minha primeira parada para trocar alguns euros por kunas. Há pelo menos duas casas de câmbio. Aliás, para quem chega à Croácia, o melhor é trocar o máximo possível em Zagreb: quanto mais turística é a cidade, mas desfavorável é a taxa de câmbio nas casas de câmbio. Também há lanchonetes, supermercado e drogarias. Lojas muito úteis num primeiro dia de viagem! A dica do shopping veio dos funcionários do Esplanade.

PONTO 2: JARDIM BOTÂNICO DE ZAGREB – BOTANIČKI VRT U ZAGREBU – ZAGREB BOTANICAL GARDEN

Logo após trocar algumas kunas, comecei a volta pela ferradura verde. O Jardim Botânico fica em uma das bases da ferradura e tem horários de funcionamento variáveis de acordo com o dia da semana e mês. Para saber detalhes, consultem o site oficial deles aqui. É muito bonito e vale a visita. Lembrando que este é um país cuja população é quase três vezes menor do que a população do município de São Paulo e portanto tem atrações de tamanho reduzido. Entrada gratuita e tempo necessário: cerca de 1 hora para tirar fotos.

PONTO 3: PONTO DE ENCONTRO PARA O PASSEIO AOS LAGOS PLITVICE

É um jardim em frente ao museu Mimara. O ônibus entra por dentro do jardim para pegar os hóspedes que agendaram seu passeio através do concierge do Esplanade.

PONTO 4: TEATRO NACIONAL DA CROÁCIA EM ZAGREB – HRVATSKO NARODNO KAZALIŠTE U ZAGREBU (HNK ZAGREB) – CROATIAN NATIONAL THEATRE IN ZAGREB

Cuidado que nas proximidades tem um outro prédio amarelo parecido. O Teatro Nacional é grande e imponente. Um prédio belíssimo construído em 1895! Se tiverem a oportunidade, assistam a uma apresentação consultando a agenda de espetáculos no site oficial. Fotos muito melhores e com mais detalhes neste link aqui.

PONTO 5: FUNICULAR – USPINJAČA – CABLE CAR

É basicamente um elevador inclinado que liga a cidade baixa à cidade alta de Zagreb. São 4 kunas cada trajeto (pouco mais de 0,5 euro – junho/2016) e o funicular circula a cada 10 minutos. É considerado o meio de transporte mais curto do mundo (são apenas 66 metros) e um dos mais antigos sistemas de transporte público da cidade. Mais informações aqui.

PONTO 6: TORRE LOTRŠČAK – KULA LOTRŠČAK – LOTRŠČAK TOWER

Todo mundo vai te falar dessa torre. Como Zagreb não tem nada de claramente inacreditável (como as muralhas de Dubrovnik ou o litoral de Hvar) eles gostam de indicar a Torre Lotrščak. Fui porque seria a oportunidade de andar de Funicular e conhecer o marco da cidade (a igreja com o telhado pintado nas cores da Croácia – Igreja de São Marcos). Eu ainda era amadora em relação à Croácia e não estava abastecida com água suficiente (SEMPRE TENHA UMA GARRAFA DE AGUA EM MÃOS). Enquanto pensava onde ia comprar a água, tentava identificar qual seria a torre que disparava o canhão ao meio dia. Bom, era essa torre… hahahhahaha. Segue a foto para vocês não ficarem procurando e perderem esse breve momento. A torre dispara o canhão desde 1877 para marcar o meio dia e, dizem os croatas, para identificar os turistas…

PONTO 7: IGREJA DE SÃO MARCOS – SV. MARKUS – CHURCH OF SAINT MARCUS

Esta é a famosa igreja com o telhado pintado nas cores croatas. Acredita-se que tenha sido construída ainda no século 13. O portal gótico da entrada é considerado o mais rico e valioso do centro-sul da Europa devido à sua composição artística e número de estátuas (15 estátuas em 11 casinhas). As estátuas são de José, Maria, o menino Jesus, os 12 apóstolos e São Marcos com um leão.

PONTO 10: CATEDRAL DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM MARIA (CATEDRAL DE ZAGREB) – KATEDRALA UZNESENJA BLAŽENE DJEVICE MARIJE – CATHEDRAL OF THE ASSUMPTION OF THE HOLY VIRGIN MARY

A catedral impressiona pelo tamanho: é a mais alta construção da Croácia. Hordas de turistas não permitem que você passe desapercebido por ela. Foi construída em 1217 com arquitetura gótica e que após várias reconstruções mantém o estilo neo-gótico.

PONTO 11 : PRAÇA BAN JELAČIĆ – TRG BANA JELAČIĆA – BAN JELAČIĆ SQUARE

Uma praça ampla onde o agito acontece! Mesas de restaurantes, muitas pessoas e lojas. Um bom lugar para passar um tempinho vendo as pessoas e fazendo comprinhas!

PONTO 12: PRAÇA NIKOLE ŠUBIĆA ZRINSKOG (PRAÇA ZRINJEVAC) – TRG NIKOLE ŠUBIĆA ZRINSKOG – NIKOLA ŠUBIĆ ZRINSKI SQUARE

Uma das alças da ferradura verde. É uma praça bastante agradável com bancos, fontes de água e até um coreto! Parece até que estamos numa cidade do interior! Providencial para quem está retornando do centro da cidade e quer dar uma paradinha para descansar. Tem até uma coluna (parece uma cabine telefônica) feita de mármore da Ístria que costuma dar informações sobre umidade e temperatura (não é usada oficialmente pois não obedece os padrões estabelecidos pela organização mundial de meteorologia).

PONTO 13: ACADEMIA CROATA DE CIÊNCIAS E ARTES – HRVATSKA AKADEMIJA ZNANOSTI I UMJETNOSTI (HAZU) – CROATIAN ACADEMY OF SCIENCES AND ARTS

Fica no parque Josipa Jurja Strossmayera. Me arrependi de não ter entrado. Pelo que vi em fotos no site oficial, o lugar é belíssimo, tanto por dentro quanto por fora. É um prédio de 1866 e antigamente era a Academia Iugoslava de Ciências e Artes. Mais informações você encontra aqui.

PONTO 14: PAVILHÃO DE ARTE – UMJETNIČKI PAVILJON U ZAGREBU – ART PAVILION IN ZAGREB

É um prédio de 1898 e é considerada a galeria de arte mais antiga do Sudeste Europeu. Foi especialmente construída para sediar exposições de grande escala. Outro prédio que parece valer a pena a visita interna.

PONTO 15: SORVETERIA VINCEK – SLASTIČARNICA VINCEK – VINCEK ICE-CREAM

Localizado na Ulica Ilica, 18 (Ulica é rua em croata) em Zagreb, este foi o melhor sorvete que provei em toda a Croácia. Fica aberto até tarde (infos aqui) e me arrependi de não ter provado as outras delícias que a, na verdade doceria, oferecia. A rua é muito bonita, com lojas e bem movimentada de dia e noite. Vale o passeio depois do jantar! Peça para os atendentes de sugerirem sabores: você não irá se arrepender! Só tome cuidado com o tram (espécie de bondinho) que passa no meio da rua e é muito silencioso. Vou deixar a foto da loja porque do sorvete não deu tempo de tirar a foto!

PONTO 16: MUSEU MIMARA – MUSEJ MIMARA – MIMARA MUSEUM

Mais um deslumbre com os prédios de Zagreb. Desta vez um exemplo de arquitetura neo-renascentista de 1895. As construções de prédios públicos são bastante imponentes e bonitas. Não visitamos o museu por dentro. Para quem quiser, os horários de entrada variam (basicamente entre 10h e 19h) e é possível fazer uma visita virtual através do site oficial do museu Mimara.

PONTO 17: RODOVIÁRIA DE ZAGREB – AUTOBUSNI KOLODVOR ZAGREB – ZAGREB’S BUS STATION

É um prédio de 2 pisos com algumas lojas. As plataformas de embarque são acessíveis através de escadas que ligam o primeiro andar ao andar térreo de forma individual (diferente da rodoviária de São Paulo, por exemplo, em que as escadas dão acesso ao setor de plataformas que ficam enfileiradas uma ao lado da outra). As bilheterias ficam reunidas num saguão e há até um guichê em que você pode pedir informações. Para não ter erro, consulte sempre o site oficial e chegue com detalhes em mãos.

PONTO 20: ESTAÇÃO DE TREM DE ZAGREB – ZAGREB GLAVNI KOLODVOR – ZAGREB’S TRAIN STATION

Apenas passei na frente dela, porém por recomendação do concierge do hotel Esplanade caso vocē queira se deslocar com facilidade pela Croácia opte pelo uso do ônibus. Mas fica a indicação caso alguém opte por fazer o roteiro usando trens. Neste site dá para ter uma ideia de como você consegue chegar a Zagreb usando trens. Já este site aqui parece ser a principal companhia ferroviária atuante da região.


Como podem ver, visitei os museus apenas por fora, observando a arquitetura exterior. Minha prioridade para a cidade de Zagreb foi andar pelas ruas e observar a arquitetura, um pouco do dia a dia para me ambientar com o país e finalmente mergulhar na gastronomia croata. Poderíamos muito bem ter assistido a um espetáculo no teatro nacional ou vagueado algumas horas pelos museus, mas estava morta com farofa depois de um voo lotado. Para quem estiver com energia e tempo, recomendo fortemente incluir programas culturais, pois é uma forma de enriquecer a viagem e levar com você um pouco mais da cultura croata. Verifiquem também se, caso seu programa seja extenso (entrar em museus) e seus deslocamentos pela cidade exijam transporte público, se não vale a pena adquirir o Zagreb Card. O Zagreb Card funciona como um passe limitado pelo tempo. Há o Zagreb Card de 24 horas (98 kunas – 13 eu) e o de 72 horas (135 kunas – 18 eu).

Enfim, Zagreb é uma cidade que vale seu dia de turismo pela Croácia. Ela está bem preparada para receber turistas com excelentes restaurantes e uma boa gama de programas culturais.


Por que visitar: porque a cidade conta com excelentes restaurantes e um aeroporto com boas conexões para as principais cidades europeias

Imperdível: visitar os lagos Plitvice

Onde comerVinodolStari Fijaker 900 e Lanterna la Dolcu

Dica: A cidade concentra as principais atrações na chamada ferradura verde de Lenuci (nome do urbanista que a criou). Procure se hospedar nas imediações desta ferradura.

UPDATE ASSISTA TAMBÉM O VIDEO NO YOUTUBE


E você? Já foi a Zagreb? Recomenda algum restaurante ou programa diferente? Deixe sua dica!

0